Coalho microbiano x coalho animal

O post de hoje não é uma receita é uma nota informativa que acho muito válida. Não quero fazer sensacionalismo, quem me conhece sabe que eu não sou disso.

Esta semana eu recebi uma mensagem através do contato aqui do blog do Daniel que me deixou muito triste e chocada. Este querido leitor me trouxe uma preciosa informação que era desconhecida para mim e vou compartilhar com vocês.

A produção dos queijos, em sua maioria, é feita utilizado uma enzima digestiva encontrada no estômago dos bezerros recém nascidos, que é a responsável por fazer o leite coagular no seu processo de fabricação. Vocês podem imaginar como esta notícia caiu como uma bomba? Logo para mim que amo queijo e não tolero maltrato aos animais? Sempre tive minha opção de alimentação bem clara, eu como o que não mata animais, não sou vegana, então eu descubro que o queijo, que sempre acreditei que era feito através da pasteurização do leite e tempo de maturação, também tem abate de animais em  sua fabricação, socorro, vontade de morrer de desgosto e tristeza.

Lembrei do dia que havia conversado com um amigo mineiro que se tivéssemos que escolher entre nunca mais beber cerveja ou não comer mais queijo a gente escolheria a cerveja porque existe cachaça, vinho, vodca, mas algo que chegue aos pés do queijo não tem. E agora, será que nunca mais vou comer gorgonzola?

Mas calma que o mundo não está perdido e não vai acabar ! Antes de começar a aprender a fazer queijos vegetais e virar a louca do tofu fiquei muito tempo pesquisando e lendo sobre o assunto. Vamos lá,  existem três tipos de coalho: o animal, vegetal e o microbiano, é claro que essa informação não vem no rótulo do produto porque a legislação brasileira não exige, temos que entrar em contato com o SAC das empresas e perguntar.

A grande maioria dos queijos nacionais são produzidos com coalho animal, que utilizam enzima do estômago dos bezerros ou de bois, mas não todas, tem aquelas que utilizam coalhos microbianos, que são aceitos pela União Vegetariana Internacional (IVU), o que me deixou muito feliz e aliviada. <3

Alguns queijos não usam coalho em seu processo como:  ricota, chancliche, cream cheese, cottage, mascarpone catupiry e alguns tipos de requeijão de copo, apenas fermento lácteo.

Aqui abaixo listo os queijos que não são produzidos com coalho animal, logo posso consumir sem dor no coração. Eu entrei contato com o serviço ao consumidor dessas empresas, outras apresentam essas informação no site, se vocês conhecerem outras e tiverem informações à acrescentar deixem nos comentários. Até o dia que eu fechei o post algumas empresas ainda não me responderam, caso elas também não usem coalho animal deixo nos cometários ou edito o post com o nome delas.

 

Aurora – Todos os queijos
Balkis – Todos os queijos
Batavo – Todos os queijos
–  Cooperativa Santa Clara – Todos os queijos
Cruzília – Todos os queijos
– Frimesa – Todos os queijos
Jong – Queijos Reino
Marília – Todos os queijos
Nata da Serra – Todos os queijos.
Polenghi – Reino, Frescatino, Camembert , Brie, Cream Cheese, Alouette, Gorgonzola SK, Gorgonzola CL, Gorgonzola Polenghi Selection, Cream A’zur
Quatá – Todos os queijos
Yema – Todos os queijos

 

* Post atualizado em 20 de Junho de 2017

coalho animal e microbiano

Tipos de coalho na fabricação de queijo.

Veja essas também
Gostou? Compartilhe com seus amigos!

19 thoughts on “Coalho microbiano x coalho animal

  1. Bom dia, hoje entrei em contato com a empresa elege e a moça que atendei falou que eles só usam o coalho microbiano.

  2. Oi, td bem?

    Vc sabe que tipo de coalho é utilizado no pão de queijo da forno de minas?

    Tentei entrar em contato com eles mas não obtive resposta

  3. Vanessa, encontrei seu post assim que tomei conhecimento do coalho animal, há pouco mais de um mês. Só queria agradecer pelo trabalho, e em especial por ter o cuidado de atualizar a lista, visto que os fabricantes podem acabar mudando de fórmula nos produtos ao longo do tempo.

  4. O Faixa azul utiliza coalho animal :(

    Segue troca de emails com a vigor:

    ———————————-
    Enviada em: segunda-feira, 5 de junho de 2017 15:44
    Para: sac@vigor.com.br
    Assunto: FAIXA AZUL – Dúvida
    Assunto: Dúvida

    Mensagem: Olá, tudo bem? Sou ovolactovegetariana e estava lendo a respeito da produção de queijos como o parmesão, que utiliza coalho em seu processo, e gostaria de saber se a origem do coalho utilizado pela Faixa Azul, animal ou artificial. Obrigada.

    —————————————

    Olá Daniela,
    Agradecemos seu contato e o interesse por nossos produtos.
    Informamos que o coalho utilizado em nossos queijos é de origem animal (bovino).
    Atenciosamente,

    S A C
    Atendimento ao Consumidor
    http://vghelpdesk.vigor.local/VIGOR/image/Filete.png
    sac@vigor.com.br

    Tel.: 0800-7246433
    http://vghelpdesk.vigor.local/VIGOR/image/Vigor_Logo.png
    Rua Joaquim Carlos, 396 Andar 1
    Bras Sao Paulo SP
    http://www.vigor.com.br

    1. Oi Daniela, tudo bem?
      Se isso for verdade é uma tristeza, porque estou comprando o faixa azul que é o mais facil de achar nos mercados.
      A resposta que obtive deles foi diferente, foi um pouco mais completa. Vou postar aqui.

      Olá Vanessa,
      Agradecemos seu contato e o interesse por nossos produtos.
      Informamos que o Queijo Parmesão Faixa Azul (forma, fatia, cilindro e ralado), o Queijo Frescal Danubio (tradicional, light, zero e equilibra), os queijos Gruyère, Emental, Gouda, Brie e Camembert marca Serrabella e os Queijos Reino Jong são fabricados unicamente com coagulante quimosina, que é produzido através da fermentação de um substrato vegetal.
      Esclarecemos ainda que o Queijo Parmesão Ralado Vigor é produzido com coalho de origem animal.
      Ficamos à disposição.
      Atenciosamente.

      Aqui um print: https://c1.staticflickr.com/5/4223/35198335145_35e655620d_b.jpg

  5. Mais uma pra lista! Escrevi para a empresa de Mussarela de búfala Almeida Prado, que eu gosto muito, e felizmente obtive a resposta que só utilizam coalho microbiano em todos os queijos! 😀

    1. Oi Glaucia
      Eba!!!
      Que notícia maravilhosa!!
      O queijo deles realmente é muito bom, não é misturado com leite da vaca como muitos.
      Muito obrigada pela informação.

  6. Fui semana passada atrás dos queijos Cruzília,mas eles não fabricam a mussarela comum, somente a defumada. Amei saber desses laticínios. Obrigada mesmo!

    1. Oi Marta
      Eu fui esses tempos no Mercadão só para compras queijo deles. Porque eles tem o Emmental e Gruyere. Esses tipos de queijo eu não acho no supermercado, achei que valeu super a pena.
      Mussarela comum eu compro da Balkis no mercado.

    1. Oi Keila,
      Frimesa está na listinha, mas Aurora eu não sabia.
      Obrigada pela informação. Ótimo saber de mais um.

  7. Olá, Vanessa.

    Fui vegano e voltei a ser apenas vegetariano, e por já ter lido sobre isso antes resolvi pesquisar mais um pouco e vim parar no seu texto.

    Resolvi entrar em contato com alguns fabricantes e obtive a resposta da maioria. Caso seja de interesse posso te passar para você atualizar o post.

    1. Oi André, tudo bem?
      Olha que bacana! Eu gostaria sim, por favor.
      Se você souber de mais fabricantes que não usam coalho animal que não estão listados acima me fala que eu atualizo o post.
      É bom saber que temos mais opções na hora de comprar os queijos.
      Se você souber alguma coisa sobre os queijos de cabra, por favor, também me informe que eu não consegui muitas infos sobre ele.
      meu email é vanessa@pimentaesal.com.br

      muito obrigada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *